FILMES

TRÊS ANOS NO VALE DO GUADIANA - O CAÇADOR DO SILÊNCIO                            

 

  

UM ANO COM O LINCE MEL


REINTRODUÇÃO LINCE-IBÉRICO 2017. NOVAS CRIAS NASCIDAS NO MEIO NATURAL NO VALE DO GUADIANA. EQUIPA ICNF

ÚLTIMA SOLTA PÚBLICA DE 2017, NO NÚCLEO DE MÉRTOLA 

23 maio 2017: Solta pública de uma fêmea de lince-ibérico que se junta ao núcleo populacional da espécie existente no concelho de Mértola  23 maio 2017: Solta pública de uma fêmea de lince-ibérico que se junta ao núcleo populacional da espécie existente no concelho de Mértola 


VIDEOS DE DE SOLTAS REALIZADAS EM 2015, NA HERDADE DAS ROMEIRAS, S. JOÃO DOS CALDEIREIROS, MÉRTOLA

 


JACARANDÁ E KATMANDÚ NO CERCADO DE SOLTA BRANDA, NAS PROXIMIDADES DE MÉRTOLA

A 16 de dezembro, no Parque Natural do Vale do Guadiana foram libertados a Jacarandá (fêmea) e o Katmandú (macho). Os linces-ibéricos encontram-se num cercado de aclimatação, isto é, em 2 hectares vedados de modo a que se adaptem às novas condições ambientais. Recorde-se que estes animais nasceram em cativeiro, a Jacarandá no Centro Nacional de Reprodução de Lince-ibérico, em Silves, e o Katmandú em Granadilla (Espanha).

No cercado foram instaladas câmaras que permitem aos técnicos do ICNF acompanhar diariamente o comportamento e o estado físico dos linces. Até agora foi possível confirmar que caçam, que dormem nos abrigos criados no local e que interagem regularmente entre si.

Cada lince-ibérico dispõe ainda de um dispositivo que permitirá o seu seguimento via satélite após a saída do cercado.

 

CENTRO NACIONAL DE REPRODUÇÃO DO LINCE-IBÉRICO - SILVES